Bem-vindo(a)

 

Bazares de artesanato: conheça o Bazar das Artesãs do Instituto Porto

Mais do que buscar o lucro, toda empresa tem uma responsabilidade social a cumprir junto às comunidades que as cercam, o que vai além de gerar emprego e renda para a população. Uma das maneiras de fazer isso é desenvolver iniciativas sociais como os bazares de artesanato e outras ações capazes de gerar um impacto positivo.

Esse é justamente o objetivo do Bazar das Artesãs do Instituto Porto. Por isso, vale a pena conhecer essa iniciativa, além de entender como ações desse tipo são importantes não só para as pessoas que participam diretamente delas, mas também para a sociedade como um todo.

Quer saber mais sobre esse assunto? É só continuar a leitura e conferir todas as informações que trouxemos para você

Qual é a importância das iniciativas sociais?

Iniciativas como os bazares de artesanato e tantas outras ideias que podem ser desenvolvidas são uma ótima maneira de aproximar as empresas das comunidades. Por meio dessas ações, é possível colaborar com a construção de uma sociedade melhor e com mais oportunidades para todos.

As iniciativas sociais são especialmente importantes em comunidades que têm muitas pessoas em situação de vulnerabilidade. Projetos que incluem ações relacionadas à educação, à cultura e à saúde, entre outras áreas, podem dar a esses cidadãos a atenção e o cuidado que eles não têm recebido do próprio Estado.

Um projeto que oferece atividades educativas e socioculturais para crianças e adolescentes, por exemplo, consegue manter os jovens ocupados e focados nos horários em que não estão na escola. Já a oferta de cursos profissionalizantes ajuda os adultos a ingressarem ou se recolocarem no mercado de trabalho ou, ainda, a começarem a trabalhar de forma autônoma.

Do mesmo modo, iniciativas ligadas ao ramo do artesanato apresentam um novo caminho para gerar renda. Em todos esses exemplos, as iniciativas sociais são o primeiro passo de uma mudança que começa em cada indivíduo que participa dos projetos e, por fim, beneficia toda a sociedade.

Por que realizar bazares de artesanato?

Prática comum em todo o país, a realização de feiras e bazares de artesanato contribui bastante para a preservação de técnicas que vêm sendo transmitidas há gerações e garantem o sustento de muitas famílias. Divulgá-las e celebrá-las é fundamental para que sejam cada vez mais valorizadas, inclusive comercialmente.

Por mais que os artesãos possam divulgar seus trabalhos de maneira individual e assim formar uma clientela, os bazares de artesanato permitem que as peças tenham muito mais exposição. Além disso, esses locais possibilitam uma troca de conhecimentos muito valiosa entre artesãos com diferentes especialidades.

Por esses motivos, os bazares de artesanato são um tipo de iniciativa social em que vale a pena investir. Isso porque quem trabalha nesse ramo tem a oportunidade de ampliar consideravelmente suas oportunidades e seus conhecimentos.

Como funciona o Bazar das Artesãs do Instituto Porto?

Antes de falarmos especificamente sobre o Bazar das Artesãs, vale destacar que essa é apenas uma das várias iniciativas sociais do Instituto Porto. Atuando desde o ano de 2005 na região de Campos Elíseos, na cidade de São Paulo, o Instituto desenvolve uma série de projetos educativos, culturais e socioambientais com o intuito de apoiar essa comunidade e estreitar cada vez mais a relação com ela.

Um desses projetos é a oferta de cursos profissionalizantes totalmente gratuitos para pessoas de baixa renda. A ideia é que elas possam obter uma capacitação para acessar melhores oportunidades no mercado de trabalho ou até mesmo empreender, aumentando a renda.

Entre os cursos profissionalizantes ofertados pelo Instituto Porto, alguns são voltados para a área de artesanato. A seguir, listamos quais são eles:

  • Amigurumi: trata-se de uma técnica japonesa que utiliza o crochê para fazer bonecos.
  • Biscuit: nesse curso, aprende-se a usar o biscuit massa à base de amido de milho e cola para produzir bibelôs, lembrancinhas e topos de bolo.
  • Pintura em Tecido — o curso tem como foco a pintura de panos de prato.
  • Mix de Artesanato — esse curso envolve técnicas de crochê para produção de amigurumi, costura criativa e feltro.

É a partir desses cursos de artesanato que o Bazar das Artesãs toma forma. Isso porque os artesãos que fazem parte da iniciativa são escolhidos entre os alunos que já finalizaram os cursos e, claro, tiveram um bom desempenho, além de assiduidade.

As educadoras são as responsáveis por avaliar as peças produzidas ao longo dos cursos e selecionar as melhores entre elas. Com isso, os ex-alunos, que nesse momento já têm o certificado de conclusão de algum dos cursos de artesanato, se tornam oficialmente artesãos do bazar.

No decorrer de todo o período de funcionamento do Bazar das Artesãs, os ex-alunos do Instituto Porto continuam recebendo treinamentos e capacitações. Além disso, é feito um acompanhamento mensal da qualidade dos produtos comercializados e das vendas.

Quais são os impactos dessa iniciativa?

O Bazar das Artesãs é uma iniciativa que consegue expandir os conhecimentos e as técnicas adquiridos nos cursos de artesanato do Instituto Porto para que os alunos entendam na prática como empreender com artesanato. Afinal de contas, saber como produzir as peças é apenas o primeiro passo dessa jornada.

A experiência no Bazar das Artesãs ajuda a ampliar a visão empreendedora dos novos artesãos por meio de orientação especializada. Desse modo, representa um período de aprendizado muito rico que permitirá aos participantes seguir como empreendedores de forma independente.

Em um país com milhões de pessoas desempregadas, saber como ganhar dinheiro por conta própria chega a ser uma questão de sobrevivência para muitas pessoas. Nesse cenário, participar de bazares de artesanato é um dos caminhos possíveis para quem precisa sair de uma situação de vulnerabilidade social.

Como você percebeu, os bazares de artesanato trazem grandes contribuições tanto para a valorização de técnicas tradicionais, que merecem ser celebradas, quanto para o desenvolvimento do perfil empreendedor de quem produz artesanato. Assim, essas pessoas podem se tornar cada vez mais independentes e ativas na sociedade.

Gostou de conhecer um pouco sobre o Bazar das Artesãs da Porto? Deixe um comentário nos contando o que achou dessa iniciativa

  • Compartilhe esse conteúdo

O Instituto por ex-alunos

Veja alguns depoimentos de quem fez cursos no Instituto Porto Seguro e, hoje, está no mercado de trabalho.

"Foi quando o Instituto Porto Seguro me abriu mais uma porta e participei do Curso de Costura Industrial, onde tive aprendizados e experiências que trouxeram de volta a confiança em mim, no meu trabalho e a certeza do que eu realmente queria.  Na época com mais de 44 anos, voltei a planejar meu futuro, desta vez certa do que queria, confiante e me sentindo mais segura."

Lilian Coelho Teixeira Corazza

Curso: Pintura em tecido / Costura Industrial

"Só tenho a agradecer por todo o carinho e dedicação que vocês da Porto tiveram com nós alunos, eu sempre serei muito grata pela visão de futuro que vocês me proporcionaram pelos aprendizados, e principalmente a me preparar para o mercado de trabalho."

Samara Paulino

Curso: Auxiliar de escritório | Funcionária da corretora The Smart

"Após o curso, participei de três processos seletivos para jovem aprendiz na Porto Seguro e para minha alegria, fui aprovada em uma vaga no Instituto. Fiquei por 15 meses e tive a oportunidade de ser efetivada como Auxiliar Administrativo"

Maria Vitória de Oliveira

Curso: Informática e Auxiliar de Escritório.

"Esses cursos me deram não só conhecimento, mas também força de vontade e gosto pelos estudos. Comecei como aprendiz na área de Sinistro e estou lá até hoje"

Danillo Rodrigues

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário do Sinistro Auto.

"Dois meses depois do fim do curso, a Porto Seguro me chamou para uma entrevista, e aí eu fui contratado. Esse curso foi uma coisa fantástica que aconteceu na minha vida"

Bruno da Mota

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário do CAPS Morumbi.

"Eu sempre tive muita dificuldade na escola por conta da minha timidez excessiva, e durante o curso os professores sempre deram conta disso. Uma semana depois do fim do curso, a Porto já me ligou para fazer uma entrevista e eu passei! Virei jovem aprendiz e depois de uns meses fui efetivado"

Filipe Augusto da Rocha

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário da Porto Seguro Consórcio.

Notícias relacionadas

Curso de auxiliar administrativo: veja como funciona e como pode lhe ajudar

Tem interesse no curso de auxiliar administrativo? Confira no post tudo o que você precisa saber sobre o curso, seus benefícios e como fazer a melhor escolha!

Saiba mais

Por que a empresa deve desenvolver um relacionamento com a comunidade?

Você conhece algum projeto social desenvolvido por empresas? Este post traz alguns exemplos, entre outras informações sobre o assunto.

Saiba mais

Qual é a importância da saúde física para o seu bem-estar profissional?

Neste post, entenda melhor a relação entre os cuidados com bem-estar físico e o sucesso profissional!

Saiba mais

Marketing pessoal e profissional: veja 4 dicas que podem ajudar

Saiba mais

Brindes artesanais: o que são e quais as diferenças?

De chaveiros a garrafas, existem brindes de diversos tipos oferecidos por empresas aos seus clientes e funcionários. Você sabe quais as principais opções e como transformá-las em uma atividade lucrativa? Confira no post!

Saiba mais

[INFOGRÁFICO] Como a falta de profissionais de TI pode ser uma oportunidade para você?

Quer melhores oportunidades de emprego? Descubra a importância de uma qualificação para atuar no mercado de Tecnologia da Informação.

Saiba mais

[INFOGRÁFICO] 6 dicas de como se capacitar para o mercado e conseguir qualificação profissional

Saiba o que você pode fazer para se capacitar e obter qualificação profissional para conseguir boas oportunidades no mercado de trabalho.

Saiba mais

Tudo o que você precisa saber sobre ODS

Você sabe o que são os ODS? Confira o que significam e como eles impactam nosso dia a dia!

Saiba mais