Bem-vindo(a)

 

Como melhorar a empregabilidade? Veja 3 dicas para alavancar a carreira!

Com tantas novidades surgindo nos últimos anos, as dinâmicas de trabalho sofreram várias alterações. Os contratos de trabalho tendem a ser mais curtos atualmente, e a troca de empregos pelos profissionais também aumentou. Nesse contexto, o que fazer para manter a empregabilidade e conseguir boas oportunidades?

Se você também se faz essa pergunta, saiba que chegou ao lugar certo. Existem diversas maneiras de se destacar entre os candidatos ao tentar uma vaga de emprego. Para quem já tem um trabalho fixo, há também ótimas estratégias para se manter no cargo ou conseguir uma promoção.

E é justamente sobre isso que vamos falar neste post. Acompanhe para saber mais sobre a empregabilidade e veja como usar esse conceito a seu favor

O que é a empregabilidade?

Na maioria dos casos, o termo “empregabilidade” se refere à capacidade que um profissional tem de ser contratado. Isso é representado por suas próprias habilidades, competências, formação, contatos, entre outros pontos que podem ser usados para melhorar uma recolocação no mercado de trabalho.

Além disso, é possível falar em empregabilidade como a capacidade de se manter na empresa, seja no próprio cargo ou por meio de promoções. Ou seja, esse é um conceito bastante amplo e que vale para profissionais, organizações, empreendedores, entre vários outros públicos.

Quais são os fundamentos da empregabilidade nas empresas?

Para entender como alavancar a carreira, nada melhor do que conhecer as principais características de um profissional qualificado. É por meio desses quesitos que as suas chances no mercado podem aumentar consideravelmente.

Veja, a seguir, alguns atributos essenciais para os profissionais do momento e saiba como aproveitá-las para se destacar.

Competências

A maioria das avaliações dos processos seletivos começa com uma análise das competências do candidato, verificando quais são suas habilidades, formações e experiências. Tudo isso se converte em uma ideia do tipo de desempenho que pode ser esperado em determinadas tarefas.

Mesmo os profissionais com mais tempo de mercado tendem a perder um pouco de suas chances de contratação quando passam muito tempo sem se atualizar ou desenvolver novas competências.

Por esse motivo, vale a pena apostar nesse quesito para se diferenciar no mercado. Falar um idioma estrangeiro, ter uma graduação ou uma pós-graduação na área, fazer cursos profissionalizantes, entre outras atividades que ajudam no desenvolvimento pessoal e profissional, torna-se uma excelente ideia.

Competitividade

Dentro do mercado de trabalho, as competências nunca são medidas isoladamente, mas comparadas com o que outros profissionais no mesmo nicho fazem. Basta observar como os padrões de educação e formação vêm crescendo de forma geral nas últimas décadas. O mesmo se aplica às expectativas do mercado.

Sendo assim, além de pensar em como as competências podem melhorar suas oportunidades, é importante ter em mente como elas ajudam você a competir com outros candidatos. Isso leva em conta desde a sua formação até a relevância de suas habilidades no contexto atual.

Além disso, trabalhar habilidades socioemocionais é mais uma maneira de se destacar, como:

  • organização;
  • disciplina;
  • senso de liderança;
  • inteligência emocional;
  • trabalho em equipe.

Flexibilidade

Como você já deve imaginar, é esperado que os novos profissionais sejam capazes de se adaptar a diferentes contextos e exigências do mercado com o tempo. Para isso, pode ser necessário apresentar flexibilidade em diversos contextos.

Sabemos que essa não é uma habilidade simples de se ter. No entanto, ela pode ser trabalhada no dia a dia, para ajudar você a conquistar os seus objetivos. Uma prática importante é se atualizar com frequência sobre as novidades do mercado e ter uma rotina equilibrada para ter mais disponibilidade de tempo, sempre que necessário.

Relacionamentos

Uma das palavras que você provavelmente vai ouvir com frequência ao longo da carreira é: networking. Isso diz respeito à rede de contatos profissionais que uma pessoa pode criar dentro do ambiente de trabalho, na faculdade ou, até mesmo, com a ajuda do ciclo social.

Ter relacionamentos amigáveis com outras pessoas, principalmente aquelas que atuam na área do seu interesse, pode fazer a diferença na vida profissional. Afinal, dessas relações, há a possibilidade de surgir oportunidades de parcerias, indicações, troca de experiências, entre vários outros benefícios.

Reputação profissional

Se uma pessoa já tem alguma experiência profissional, então é provável que outros gestores tenham algo a dizer a seu respeito. Nesse caso, quanto mais positiva for a opinião dessas pessoas, melhor. 

Por isso, é fundamental construir uma boa reputação ao longo da carreira. E como fazer isso? Existem várias atitudes valorizadas dentro de um ambiente de trabalho, nas quais você pode apostar sempre, como:

  • proatividade;
  • assertividade;
  • boa relação com os colegas;
  • pontualidade.

Como melhorar a sua empregabilidade?

Dentro desse contexto, o que fazer para ter uma boa empregabilidade e conseguir o trabalho dos sonhos? Apesar de o mercado ser desafiador em várias áreas, isso não quer dizer que você não pode lidar da melhor maneira com as adversidades e alcançar seus objetivos.

Que tal ver algumas dicas que podem ajudar nesse processo? A seguir, fique por dentro de 3 atitudes importantes

1. Atualize-se

Para começar, você conhece o mercado que deseja atuar e as tendências do momento? Esse é um ótimo passo para superar as expectativas dos recrutadores e ter acesso a melhores oportunidades profissionais.

Ser uma pessoa atualizada, no contexto econômico, social e da própria área de trabalho, oferece a possibilidade de antecipar as principais demandas do mercado. Dessa forma, você sabe melhor o que precisa fazer e quais características pode apresentar para se destacar.

2. Exercite a comunicação

Ter habilidades interpessoais também pode fazer toda a diferença na hora de melhorar a empregabilidade. Afinal, isso permite que você se comunique com mais clareza, assertividade e eficiência.

No ambiente de trabalho, essa habilidade é muito valorizada, pois indica a capacidade do profissional de se expressar de forma produtiva e ter um bom desempenho. Além disso, falar bem ajuda você a se apresentar no mercado e criar uma boa imagem profissional logo no primeiro contato. 

3. Busque capacitação

Outra excelente atitude para melhorar a empregabilidade é desenvolver suas habilidades teóricas e práticas, por meio de cursos, formações, eventos profissionalizantes, livros, entre outras fontes.

Quanto mais contato você tiver com materiais de estudo, maiores as chances de aprender conteúdos relevantes e habilidades importantes para desempenhar boas funções no mercado. Além disso, o retorno pode ser muito positivo.

Afinal, profissionais que apresentam um currículo com mais capacitações também mostram que sabem mais sobre a área de atuação. Isso passa mais autoridade e segurança para os recrutadores e gestores, aumentando as chances de confiarem em você para ocupar cargos específicos.

A boa notícia é que existem diversos conteúdos gratuitos que você pode utilizar para aprender cada vez mais sobre a sua área. Inclusive, é possível encontrar cursos que podem impulsionar sua carreira, sem nenhum custo adicional.

Agora, sim, consegue se sentir mais confiante para construir uma ótima jornada profissional e ter mais empregabilidade? Lembre-se de que a educação faz toda a diferença no desenvolvimento de uma pessoa e ter um currículo com boas formações ajuda a aumentar as chances no mercado.

Gostou deste post? Então, compartilhe essas dicas com os seus amigos nas redes sociais

  • Compartilhe esse conteúdo

O Instituto por ex-alunos

Veja alguns depoimentos de quem fez cursos no Instituto Porto Seguro e, hoje, está no mercado de trabalho.

"Foi quando o Instituto Porto Seguro me abriu mais uma porta e participei do Curso de Costura Industrial, onde tive aprendizados e experiências que trouxeram de volta a confiança em mim, no meu trabalho e a certeza do que eu realmente queria.  Na época com mais de 44 anos, voltei a planejar meu futuro, desta vez certa do que queria, confiante e me sentindo mais segura."

Lilian Coelho Teixeira Corazza

Curso: Pintura em tecido / Costura Industrial

"Só tenho a agradecer por todo o carinho e dedicação que vocês da Porto tiveram com nós alunos, eu sempre serei muito grata pela visão de futuro que vocês me proporcionaram pelos aprendizados, e principalmente a me preparar para o mercado de trabalho."

Samara Paulino

Curso: Auxiliar de escritório | Funcionária da corretora The Smart

"Após o curso, participei de três processos seletivos para jovem aprendiz na Porto Seguro e para minha alegria, fui aprovada em uma vaga no Instituto. Fiquei por 15 meses e tive a oportunidade de ser efetivada como Auxiliar Administrativo"

Maria Vitória de Oliveira

Curso: Informática e Auxiliar de Escritório.

"Esses cursos me deram não só conhecimento, mas também força de vontade e gosto pelos estudos. Comecei como aprendiz na área de Sinistro e estou lá até hoje"

Danillo Rodrigues

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário do Sinistro Auto.

"Dois meses depois do fim do curso, a Porto Seguro me chamou para uma entrevista, e aí eu fui contratado. Esse curso foi uma coisa fantástica que aconteceu na minha vida"

Bruno da Mota

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário do CAPS Morumbi.

"Eu sempre tive muita dificuldade na escola por conta da minha timidez excessiva, e durante o curso os professores sempre deram conta disso. Uma semana depois do fim do curso, a Porto já me ligou para fazer uma entrevista e eu passei! Virei jovem aprendiz e depois de uns meses fui efetivado"

Filipe Augusto da Rocha

Ex-aluno do Instituto Porto Seguro e funcionário da Porto Seguro Consórcio.

Notícias relacionadas

Curso de auxiliar administrativo: veja como funciona e como pode lhe ajudar

Tem interesse no curso de auxiliar administrativo? Confira no post tudo o que você precisa saber sobre o curso, seus benefícios e como fazer a melhor escolha!

Saiba mais

Por que a empresa deve desenvolver um relacionamento com a comunidade?

Você conhece algum projeto social desenvolvido por empresas? Este post traz alguns exemplos, entre outras informações sobre o assunto.

Saiba mais

Qual é a importância da saúde física para o seu bem-estar profissional?

Neste post, entenda melhor a relação entre os cuidados com bem-estar físico e o sucesso profissional!

Saiba mais

Marketing pessoal e profissional: veja 4 dicas que podem ajudar

Saiba mais

Brindes artesanais: o que são e quais as diferenças?

De chaveiros a garrafas, existem brindes de diversos tipos oferecidos por empresas aos seus clientes e funcionários. Você sabe quais as principais opções e como transformá-las em uma atividade lucrativa? Confira no post!

Saiba mais

[INFOGRÁFICO] Como a falta de profissionais de TI pode ser uma oportunidade para você?

Quer melhores oportunidades de emprego? Descubra a importância de uma qualificação para atuar no mercado de Tecnologia da Informação.

Saiba mais

[INFOGRÁFICO] 6 dicas de como se capacitar para o mercado e conseguir qualificação profissional

Saiba o que você pode fazer para se capacitar e obter qualificação profissional para conseguir boas oportunidades no mercado de trabalho.

Saiba mais

Tudo o que você precisa saber sobre ODS

Você sabe o que são os ODS? Confira o que significam e como eles impactam nosso dia a dia!

Saiba mais